Ir para ↓

Vida Académica

 

“Considero que a principal tarefa da educação é assegurar a manutenção das seguintes qualidades: uma curiosidade empreendedora, um espírito invencível, tenacidade na procura, prontidão para a auto-negação sensata, e acima de tudo, compaixão.”

Kurt Hahn, Fundador do movimento UWC 

Os UWC são uma organização internacional de educação que, nos seus colégios, acolhe mais de nove mil estudantes de 155 países por ano. Quase quatro mil destes estudantes completam o Diploma Programme do International Baccalaureate (IBDP), o programa global pré-universitário mais reconhecido para estudantes com idades compreendidas entre os 16 e os 19 anos.

Enquanto o currículo do IBDP faz parte da essência da vida académica de cada escola e colégio do movimento, a educação UWC vai muito além dos requisitos determinados pelo programa do IB. Com um corpo docente e discente deliberadamente diverso em cada escola do movimento – com membros oriundos de variados contextos nacionais, socioeconómicos, culturais, linguísticos, políticos e educacionais – os UWC reconhecem que o currículo tem de oferecer uma multiplicidade de interpretações e percepções equivalente à diversidade dos alunos, de modo a que cada estudante se sinta confortável e capaz de representar a sua própria história e pontos de vista de forma autêntica. Para promover este ambiente de partilha intercultural, o currículo do IB é complementado por sessões sobre assuntos globais e outras atividades propícias ao pensamento crítico e ao envolvimento com os desafios colocados pelo mundo atual.

O International Baccalaureate (IB)

A Organização do IB (IBO) foi fundada em 1968. Desde o início, a IBO dependeu da colaboração e apoio do movimento dos UWC, devido à sua experiência em providenciar uma educação progressista e intercultural com ênfase na aprendizagem através da experiência. Os laços entre as duas organizações têm-se mantido permanecido estreitos até ao dias de hoje.

Depois de seis anos como projeto piloto em diferentes escolas, incluindo o UWC Atlantic College no País de Gales, o IBDP foi oficialmente estabelecido em 1975. Nas duas últimas décadas foram desenvolvidos Programas para o ensino básico, integrado e profissionais. Todos os programas do IB visam “encorajar estudantes em todo o mundo a serem ativos, a cultivarem a compaixão e a procurarem continuar a aprender ao longo de toda a vida, para que entendam que outras pessoas, mesmo com as suas diferenças, podem ter também razão."

Os vários programas têm ganho popularidade devido à reputação da organização como uma “referência” para a educação internacional, especialmente no IBDP. Atualmente, existem cinco mil escolas onde estudam 1,3 milhões de estudantes a nível mundial.

Que disciplinas podem os alunos do IBDP escolher? 

No âmbito do Diploma Programme do IB, os estudantes escolhem uma disciplina das seguintes áreas de estudo:

  1. Estudos em Línguas e Literatura
  2. Aquisição de Línguas
  3. Indivíduos e Sociedades
  4. Ciências
  5. Matemática
  6. Artes (em vez de uma disciplina de Artes, os estudantes podem optar por estudar outra disciplina das áreas de ciências, indivíduos e sociedades, ou de aquisição de línguas).

Os alunos geralmente escolhem três disciplinas a estudar a um nível intermédio, e três disciplinas a um nível avançado, nas quais se espera que demonstrem um maior grau de conhecimento, compreensão e capacidades. As disciplinas específicas correspondentes às áreas de estudo variam entre as escolas UWC, sendo que normalmente refletem a sua localização geográfica e áreas de interesse.

Para além das seis áreas de estudo, os estudantes têm de concluir três componentes essenciais do Diploma do IB que são centrais para a filosofia do programa. Estas são:

  1. Extended Essay (EE): Para a execução da "composição extensa", os estudantes investigam um tópico de interesse especial para si e desenvolvem, assim, técnicas de pesquisa e capacidades de escrita requeridas a um nível universitário. A composição é normalmente escrita numa das seis áreas de estudo do aluno e não poderá ultrapassar as 4.000 palavras em extensão. Os estudantes serão apoiados na pesquisa e no processo de escrita por um supervisor académico.
     
  2. Theory of Knowledge (ToK): A disciplina de "Teoria do Conhecimento" encoraja os alunos a refletir sobre a natureza do conhecimento e como sabemos o que dizemos saber. É avaliada através de uma apresentação oral e uma composição de 1.600 palavras.
     
  3. Creativity, Activity, Service (CAS): o conjunto de atividades de “Criatividade, Atividade, Serviço” tem como objetivo praticar o aceitar responsabilidades, desenvolver capacidades sociais, criativas e competências para as atividades ao ar livre, bem como aprender a abordar os outros com empatia. Os estudantes são envolvidos numa variedade de projetos que visam ajudar a desenvolver estas capacidades ao mesmo tempo que promovem uma interação ativa com as suas comunidades locais.

A combinação destes elementos habilita os alunos para o desenvolvimento da capacidade de análise e de avaliação da informação, de modo a comunicarem ideias e desenvolverem argumentos persuasivos. Tal prepara-os para o ensino universitário e eventuais estudos posteriores. Além do mais, os estudantes serão capazes de integrar o seu conhecimento e compreensão cultural nas suas vidas académicas, descobrindo-se a si próprios como pensadores e tornando-se cada vez mais ligados a outros.

Para os mais jovens

As escolas UWC, distintas dos colégios UWC, admitem também alunos com idades entre os 18 meses e os 15 anos. Os UWC Maastricht, UWC South East Asia, UWC Thailand e Waterford Kamhlaba UWC of Southern Africa acolhem alunos mais jovens nos seus campus e têm uma série de currículos diferentes de acordo com as faixas etárias correspondentes.

Tal como acontece com os alunos do IBDP, acreditamos que a melhor maneira de preparar os nossos alunos do jardim de infância, ensino primário e secundário é através de uma educação holística, com experiências que vão desde o serviço comunitário às arte e projetos de turma. O movimento UWC acredita que os alunos mais jovens possuem a mesma capacidade de abraçar a educação experiencial que os alunos do Diploma Programme, e o currículo garante que têm oportunidades para questionar, explorar, criar, envolver e refletir, desenvolvendo assim uma gama completa de habilidades sociais, emocionais e criativas.

O UWC Maastricht oferece o International Primary Curriculum e o International Baccalaureate Middle Years Programme (MYP) para os seus alunos mais jovens, incluindo os do Pré-Jardim de Infância, Escola Primária e Secundária. Outros programas oferecidos a estes estudantes incluem o Currículo de Educação em Saúde e Bem-Estar para os alunos da escola primária e uma Estrutura de Currículo Especial implementada para alunos do pré-jardim de infância.

O UWC South East Asia admite alunos entre os 4 e 15 anos. O programa de aprendizagem baseada no conceito da UWCSEA, K-12, é oferecido aos alunos da pré-primária (4-7 anos), escola primária (7-11 anos) e ensino médio (11-14 anos). No último ano do ensino médio, são matriculados num curso GCSE Internacional de 2 anos (IGCSE).

O UWC Thailand oferece o IB Primary Years Programme (PYP) a estudantes com idades compreendidas entre os 3 e 12 anos, enquanto o IB MYP é lecionado a alunos dos 11 aos 15 anos. O UWC Thailand tem também um Jardim de Infância, centrado na aprendizagem para os mais pequenos, através de jogos.

O Waterford Kamhlaba UWC of Southern Africa tem três programas educacionais, incluindo o IBDP. O currículo do Waterford e do IGCSE são programas oferecidos aos estudantes com idades que variam dos 11 aos 16 anos.